Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil - Patrimônio Cultural da Humanidade - Unesco  
  • "Caminhar por Ouro Preto é como voltar a tempos dourados. É ter a sensação de que, na próxima esquina, irá encontrar algum personagem da história."
  • "Uma fabulosa e linda cidade setecentista encravada num vale profundo das montanhas mineiras. Anacrônica, espantosa, fascinante..."
  • "Apure os ouvidos ao andar pelas ruas de Ouro Preto. Sem muito esforço e alguma imaginação é possível ouvir os sussurros conspiratórios, os ideais subversivos, as intrigas palacianas..."
  • "O maior conjunto barroco do mundo. Uma cidade setecentista em pleno séc. XXI. Anacronismos à parte, a antiga Vila Rica foi palco da vaidade, da soberba, da competição e da genialidade humana."
  • "Testemunhe a rica cultura de Ouro Preto: o carnaval, as procissões, os festivais..."
  • "Ouro Preto é hoje uma das mais importantes cidades do Circuito do Ouro, do tempo em que começou a ser desenhada a história das Minas Gerais..."
  • "Encontrava-se ouro como em nenhum outro lugar, fazendo as lendas do Rei Salomão parecerem ingênuos contos infantis."
  • "No vaivém dos telhados, na espremida confusão do casario geminado. Os palácios, as pontes e os chafarizes... Ouro Preto é fascinante!!!"
  • "Antônio Francisco Lisboa, eternizado como Aleijadinho, gênio pardo e acometido de terrível doença deformadora. Foi o feio que produziu o belo, o monstro que produziu anjos..."
Site Oficial
de Turismo
Apresentação     História     Belezas Naturais     Inconfidência Mineira
Arquitetura     Lavras Novas e Cachoeira do Campo     Distritos
Procurar    Contato

Promoção:





Atrações em Ouro Preto:

Capela N. Sra. do Rosário dos Brancos ou do Padre Faria
Igreja
É conhecida pelo nome do padre que rezou a primeira missa na região. A singela fachada contrasta com o rico interior, confeccionado em 1...
Ler Matéria

 

Você está em "Quando ir" - Ouro Preto



 Voltar

Depende da intenção do turista. Durante todo o ano a cidade oferece eventos, períodos em que fica cheia. O lugar perde a tranquilidade, mas ganha vitalidade e alegria com o vaivém das pessoas. Incluem-se aí os feriados prolongados, como o 21 de abril e o 12 de outubro, o Festival de Inverno (julho), Carnaval e Semana Santa. Os distritos também oferecem eventos durante todo o ano.

 

Para os amantes da história, que pretendem esmiuçar cada faceta da cidade, o melhor é procurar épocas mais tranquilas. Ouro Preto fica mais calma, sendo possível aproveitar os detalhes. Prefira o meio da semana ou os dias logo após às festividades.

 

Os verões são quentes e úmidos, ótimos para conhecer os arredores, banhar-se em cachoeiras, visitar os mirantes... No inverno Ouro Preto fica mais misteriosa. Um densa névoa cobre a cidade pela manhã. à medida que o sol se levanta o sonho se realiza: Ouro Preto se desnuda de seus segredos. Os casais curtem o frio num autêntico romantismo barroco, relembrando os versos líricos de "Marília de Dirceu".


Fonte: Climatempo

Fonte: INPE

Fonte: Tempo Agora
 


















Apoio Institucional:


















© 2015 - Idas Brasil - Todos os Direitos Reservados