Ouro Preto - Minas Gerais - Brasil - Patrimônio Cultural da Humanidade - Unesco  
  • "A capela de Santana é uma das mais antigas de Ouro Preto e data de 1720. Em seu cemitério está enterrado o escritor Alphonsus de Guimarães."
  • "A praça Minas Gerais é o cartão-postal de Ouro Preto, rodeada por um belíssimo conjunto cênico-arquitetônico..."
  • "Na Casa da Câmara existiu o quartel dos Dragões, guarda que servia aos governadores da capitania..."
  • "Pintura de Mestre Ataíde na igreja de São Francisco de Assis."
  • "A catedral de N.Sra. da Assunção tem arquitetura singela, entretanto está entre as mais ricas e importantes igrejas mineiras."
  • "Ouro Preto é hoje uma das mais importantes cidades do Circuito do Ouro, do tempo em que começou a ser desenhada a história das Minas Gerais..."
  • "O pico do Itacolomi, entre Ouro Preto e Ouro Preto, foi a referência para o eldorado das Minas Gerais."
  • "A igreja N.Sra. do Carmo surgiu a partir de um pequeno templo erguido em 1759. Teve suas obras iniciadas em 1783..."
  • "Mestre Ataíde, um dos mais consagrados pintores do Barroco Mineiro, era de Ouro Preto."
Site Oficial
de Turismo
Apresentação     História     Belezas Naturais     Inconfidência Mineira
Arquitetura     Lavras Novas e Cachoeira do Campo     Distritos
Procurar    Contato

Promoção:





Atrações em Ouro Preto:

Casario São Bartolomeu
Casario e Arquitetura
É pequeno, localizado em um aconchegante vale onde corre mansamente o rio das Velhas, um dos mais importantes de Minas. Compondo o cenário est&...
Ler Matéria

Alguns de nossos Parceiros:
Pousada do Ouvidor
Hospedagem
Mais informações
Consolas Pizzaria e Restaurante
Restaurantes, bares e afins
Mais informações
GrandTour Ouro Preto
Empresas de receptivo turístico
Mais informações
Bazar Faria
Compras, lojas, artesanato e afins
Mais informações
 
Você está em "Circuito do Ouro"

 Voltar

 

Circuito do Ouro


      Lendas trouxeram os primeiros exploradores para o interior do Brasil, onde mais tarde nasceria Minas Gerais. Serras formosas, repletas de ouro, contornavam os sonhos daqueles homens. Os constantes e coerentes relatos dos índios impulsionaram as expedições às entranhas desconhecidas de um vasto território, exaustivamente montanhoso. Índios forazes, animais selvagens, natureza hostil... Por fim, nos derradeiros anos do século XVII, chegaram aos pés de uma curiosa montanha (Itacolomi), num vale batizado Tripuí. Ali, como em toda a região, o ouro exalava da terra, no leito dos rios, que por sua vez tinham o fundo dourado. A lenda virava a mais pura realidade. O ouro foi a semente de Minas e a região do Circuito do Ouro mãe generosa e austera. Aqui brotou o ouro, a ambição, a ganância, as paixões, os ódios, a dominação, a subversão, a arte... Mais: aqui brotou o Brasil como nação! Todas as emoções estão impregnadas em suas ruas, paredes, pairam no ar. Teimam em resistir ao tempo, fazendo reinar na mente de seus apreciadores as conspirações e os sonhos de liberdade.

Distância média de BH: 85 km.
Texto: Marcelo JB Resende (reprodução proibida)

 



Cidades que compõem o circuito:

Congonhas
Mariana
Ouro Preto
Sabará
Ouro Branco
Barão de Cocais
Bom Jesus do Amparo
Caeté
Catas Altas
Itabira
Itabirito
Nova Era
Nova Lima
Piranga
Raposos
Rio Acima
Santa Bárbara
Santa Luzia
Potencial Turístico:

Turismo histórico-cultural _ Turismo de eventos _ Feiras e eventos _ Turismo pedagógico _ Turismo religioso _ Artesanato _ Festas populares - Folclore - Arquitetura antiga _ Barroco _ Ecoturismo _ Patrimônio Histórico _ Patrimônio da Humanidade
 
















Apoio Institucional:


















© 2015 - Idas Brasil Ltda. - Todos os Direitos Reservados